Análise biológica de solo

Rick Haney PhD, USDA-ARS, Temple, TX.

“Solvita 1-day CO2 – This test is one of the most important numbers in soil testing. This number in ppm is the amount of CO2-C released in 24 hr. from soil microbes after your soil has been dried and rewetted (a natural field event). This is a measure of the microbial activity in the soil and is highly related to the fertility of your soil”.

A respiração do solo é um importante parâmetro capaz de expressar a fertilidade dos solos, influenciando fortemente na funcionalidade dos sistemas produtivos. Ela demonstra a atividade dos microrganismos que esta atuando nos atributos físico, químico e biológico, e sofre alterações positivas ou negativas de acordo com o manejo dos sistemas produtivos. Maiores níveis de respiração do solo indicam melhorias nos atributos do solo, especialmente na melhoria da estruturação, menor compactação, melhoria na retenção e armazenamento de água, entrega de nutrientes chave, melhoria na absorção de água pelas culturas, incremento da atividade fotossintética e retenção de CO2.

Cerca de 93% dos elementos constitutivos dos vegetais são C, H e O. Atividade microbiana adequada fornece CO2 para as culturas de forma mais eficiente. O CO2 originado da respiração do solo abastece a planta mais rapidamente na zona das folhas. A produtividade relaciona-se fortemente com o CO2 emitido pela atividade biológica. Para se produzir 12.000 kg de milho por hectare, as necessidades diárias são: 370 kg de CO2, uma taxa de respiração de 101 ppm/dm3 ou se depender exclusivamente do CO2 da atmosfera (excluindo a respiração do solo) seriam necessários 25 hectares cúbicos de ar por dia. Estamos tratando da influência do fator CO2 amplamente pesquisado pelo cientista Henrik Lundegårdh.

Nos USA os equipamentos da marca Solvita estão incluídos no programa SHT (Soil Health Tools), sendo empregados em pesquisas pelo NRCS/USDA e em análises laboratoriais de solo por empresas particulares naquele e em outros países. Pode-se aferir, de forma rápida, a respiração do solo, a biomassa microbiana, o potencial de mineralização de N – PMN, NH3 e outros testes (além de solos enviados ao laboratório ou analisados na área, compostos, esterco e grãos).

Monitorar a atividade biológica através da respiração do solo mostra-se importante para se definir o manejo dos sistemas produtivos na procura de melhores resultados, contribuindo para a tomada de decisões em termos de manejo e fertilização.

Os equipamentos encontram-se nas modalidades Field Test, Lab Test e Master.